Metas

Sem sonhos, a vida não tem brilho.
Sem metas, os sonhos não têm alicerces.
Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais. Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. Melhor é errar por tentar do que errar por omitir! - Augusto Cury

Metas são escolhas que fazemos para chegar ao nosso objetivo. São etapas na nossa vida que nos faz ser tão exclusivos em relação aos outros.

Para ser uma meta precisa existir a possibilidade de fracasso, deve ser considerado um desafio e precisa contribuir para o seu desenvolvimento, independente do aspecto.


M – Mensurável

E – Específica

T – Tempo.

A – Alcançável.

S – Significado Pessoal.


Oito passos para criar suas metas

1º Definir a meta de forma positiva – Sua meta deve ser dita e querida pelo que se quer, e não pelo que não se quer.

2º Escrever a meta – As estatísticas comprovam que pessoas de sucesso escrevem suas metas, vez que escrever o que você quer aumenta significativamente a probabilidade de você alcançar o que deseja, pois isto auxilia no comprometimento.

3º Especificar a meta – Especificar a quantidade, o quando, com quem, em que circunstâncias e todos os demais detalhes para que o seu cérebro saivá i que você quer atingir.

4º Verificar se a meta é ecológica – Ecologia é um termo de PNL para checar se o que você deseja pode causar algum dano a: (i) si mesmo, (ii) outras pessoas ou (iii) sistemas. Esta avaliação é realizada diante do conjunto de crenças e valores que você possui, de modo a identificar possíveis conflitos ou auto-sabotagem.

5º Tomar consciência da relevância da sua meta e expandir ao máximo esta consciência – Além de escrever sua meta, é igualmente importante que você escreva os motivos de porque quer alcançar tal meta. Isto funcionará como combustível para fortalecer sua meta em sua mente e em seu coração, compreendendo que sua motivação não vem da lógica nem de algo racional e, sim, dos sentimentos, dos “porquês” da sua meta, que é o que dá sentido para o seu sistema (mente e coração) entrar em ação e buscar o que você deseja. Esta lista de motivos dever ser relida com regularidade e torná-la o mais consciente possível.

6º Acreditar e se sentir responsável pelo início e pela manutenção das ações para buscar a meta – Compreender que o cumprimento de sua meta depende fundamentalmente de você mesmo. Pergunte-se: Eu acredito e sinto que posso influenciar diretamente a mim mesmo e a outras pessoas para atingir o resultado que desejo? Caso você tenha algum problema em desenvolver este pensamento, você tem duas alternativas: ou alterar a sua crença para acreditar no que está dizendo a você mesmo ou alterar a sua meta.

7º Identificar os recursos de que dispõe e que já estão ao seu alcance para atingir sua meta – Faça um levantamento de tudo e todos que você tem ai seu dispor e que podem te ajudar com o seu projeto, tais como: network (relacionamento com pessoas), conhecimento (talvez pessoas próximas já tenham atingindo o que você quer atingir e possam dar excelentes dicas), questões materiais (dinheiro, imóveis, moveis etc.), objetos e por aí vai.

8º Definir qual será o seu primeiro passo para realizar a sua meta - Sair do plano mental e partir para a ação. Qual será a 1ª ação prática que você vai tomar? E quando será? Será amanhã? Agora?

Fonte: Instituto Ilton Esteves

 

Copyrigth © 2014 - Todos os direitos reservados. Design feito por Vítor Oliani.